Minha TV

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Estoque de sangue dos tipos O, A e B negativos está em estado crítico em Salvador

 


O estoque de sangue dos tipos O-, A- e B- está em estado crítico em Salvador. A falta do primeiro tipo é o que mais preocupa, por ser considerado universal e utilizado em casos de extrema urgência, quando não há tempo pra comprovar o tipo sanguíneo do paciente.

“Estamos passando por um momento difícil, que se acentuou com os impactos da pandemia. Porém esperamos que agora, neste começo de ano, quando temos uma esperança no enfrentamento à Covid, com o início da vacinação no país, as pessoas se sensibilizem mais para a questão da doação de sangue”, destaca Érica Souza, captadora de doadores do Banco de Sangue de Salvador.

Apesar do estado crítico dos tipos O-, A- e B-, esses últimos considerados mais raros, todos os tipos sanguíneos são necessários. Para que a situação seja normalizada nos estoques, são necessárias 80 doações diárias. Cada doação pode salvar até quatro vidas.

Como doar sangue

Apesar de estarmos vivendo a pandemia de coronavírus, doar sangue é uma atividade segura. De acordo com o Banco de Sangue de Salvador, são seguidos todos os protocolos sanitários para evitar contaminação. A prática conferiu até o selo Covid Free de Excelência, concedido às instituições que mantêm boas práticas de enfrentamento à Covid-19.

Para doar sangue, basta ter idade entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido realizada até os 60 anos; estar em boas condições de saúde e pesar pelo menos 50 quilos. É necessário apresentar documento com foto, como RG e CNH, em bom estado de conservação.

O doador não pode ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas anteriores; deverá aguardar 12 meses após inclusão de tatuagem ou piercing e seis meses se tiver passado por endoscopia ou procedimento endoscópico. Se tiver tido gripe ou resfriado, é necessário aguardar 30 dias. O doador também não pode ter tido Sífilis, Doença de Chagas ou Aids. Bahia.ba

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››