TV Minha Notícia

segunda-feira, 27 de junho de 2022

Coletivo Quintas Feministas realiza roda de conversa sobre feminicídio

 


O coletivo Quintas Feministas realiza uma roda de conversa sobre violência contra a mulher.

O debate será nesta terça-feira (28), às 19 horas, no auditório da Faesb (bairro do Novo Horizonte), com participação de diversos representantes de segmentos da sociedade.

O tema “Feminicídio e suas vertentes” será discutido pela psicóloga e Coordenadora do CRAM, Luciane Silva, a promotora de Justiça do Ministério Público da Bahia, doutora Jéssica Tojal e a Delegada Titular de Valença, doutora Argimária Soares.

“O feminicídio pode se apresentar em várias vertentes. Essa roda de conversa trará importantes considerações a respeito do feminicídio e como tem se dado o seu enfrentamento diante das mais variadas formas que a violência contra a mulher. Esperamos todos vocês”, disse doutora Argimária. Baixo Sul em Pauta

Com retorno dos festejos, cresce 360% número de motoristas dirigindo alcoolizados no São João

 


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou, nesta segunda-feira (27), os resultados da Operação São João 2022 realizada nas rodovias federais que cortam a Bahia. Iniciada na última quarta-feira (22) e finalizada na noite de domingo (26), a operação registrou um aumento de 360% no número de motoristas flagrados dirigindo alcoolizados.

Segundo a PRF, foram realizados 4.446 testes com etilômetro e 129 condutores foram autuados por alcoolemia ao volante. 

Além disso, a PRF registrou 10 flagrantes de motoristas realizando ultrapassagem proibida por hora de operação, totalizando 1.206 autos extraídos desse tipo de infração. 

Nas fiscalizações, a PRF também emitiu 86 autos de infração para motociclistas ou passageiro sem capacete. O cinto de segurança, ou melhor, o não uso dele gerou mais de 331 autuações. Quando o alvo das fiscalizações foi a criança sem cadeirinha, 56 autos foram emitidos.

Com relação ao enfrentamento à criminalidade, a PRF apreendeu 25,8 kg de maconha e 10,8 kg de cocaína, totalizando um prejuízo de cerca de R$ 2 milhões às organizações criminosas. Metro1

Inscrições para o Sisu começam nessa terça-feira

 


Começam nesta terça-feira (28) as inscrições para o segundo processo seletivo de 2022 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os candidatos às vagas que serão oferecidas pelas instituições públicas de ensino superior deverão ficar atentos porque o prazo é curto, e terminará no dia 1º de julho.

A consulta para as vagas neste segundo processo seletivo teve início no dia 15, por meio do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. Para acessá-lo, clique aqui.

Thank you for watching

Por meio da consulta, é possível visualizar as vagas ofertadas por modalidade de concorrência, cursos e turnos, instituições e localização dos cursos. Também é possível acessar a íntegra do documento de adesão de cada uma das instituições que aderiram ao Sisu.

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC) no qual as instituições públicas de educação superior, sejam elas federais, estaduais ou municipais, oferecem vagas a serem disputadas por candidatos inscritos em cada edição da seleção.

Exigência
Para participar do Sisu será exigido do candidato que tenha realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição de 2021, obtido nota superior a zero na prova de redação e não tenha participado do Enem na condição de treineiro.

O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 6 de julho. A matrícula ou registro acadêmico devem ser feitos de 13 a 18 de julho. Já o prazo para os interessados manifestarem interesse em participar da lista de espera será de 6 a 18 de julho.

Os candidatos são selecionados para as opções de cursos indicados no ato de inscrição, de acordo com a melhor classificação de nota obtida na edição mais recente do Enem, que, nesta edição, será a de 2021.

Após sucesso no Parque, Bahiatursa aposta em festa de São João nos 'moldes' do Carnaval

 


Passado o primeiro bloco de atrações do São João de Salvador, no período oficial do feriado (de 23 a 26 junho), promovido pelo Governo da Bahia, o queridinho do público que decidiu ficar na capital baiana foi o palco montado no Parque de Exposições, que recebeu diversas atrações de peso e ficou lotado durante os primeiros dias dos festejos. De acordo com a Bahiatursa, a intenção é fazer o São João da capital como é feito o Carnaval e colocar Salvador no roteiro do meio do ano fazendo frente a cidades como Campina Grande e Caruaru.

"De fato, a grande intenção do governador Rui Costa é fazer o São João da capital como é o Carnaval. A gente está iniciando o processo de ter dois grandes destinos, um no meio do ano e outro no início, que é o São João e o Carnaval. Esse ano já foi o comentário do Brasil, o São João do Parque de Exposições, no meio artístico, dos empresários, e da imprensa também. Ano que vem com certeza o São João de Salvador realizado pelo governo já vai ser o melhor do Brasil", disse Diogo Medrado, diretor da Bahiatursa, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Ele também fez um balanço sobre a realização da primeira etapa das festas após dois anos sem a folia junina, falou sobre as próximas atrações esperadas no São João da capital baiana e mais.

quarta-feira, 22 de junho de 2022

Estado tem 40 casos de queimaduras por causa do São João; Sesab alerta sobre os riscos

 


A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) alertou, nesta terça-feira (22), sobre o perigo de acidentes com fogos de artifício durante os festejos juninos no estado. Segundo a pasta, do dia 1º de junho até esta quarta-feira (22), o Hospital Geral do Estado (HGE) registrou 27 acidentes ligados a explosão de bombas e queimaduras com fogueiras. No Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ), foram 13.

Os dados das duas principais unidades hospitalares especializadas em tratamento de queimados da rede estadual, referentes aos últimos 4 anos, ainda mostram um acréscimo nos números de acidentes no período entre 20 e 30 de junho, quando comparados os dois anos com festejos (2018 e 2019) e os dois sem festejos, com a pandemia (2020 e 2021).

No HGE, foram registrados 90 casos de acidentes em 2018; 85 em 2019; 31 em 2020 e 45 em 2021. Ou seja: os números foram 43% maiores nos anos com festas. Já no HRSAJ foram contabilizados 14 casos em 2018; 18 em 2019, 11 em 2020 e 10 em 2021.

Bahia.ba

Oficina de restauração de peças sacras será criada em Cairu

 


Imagem primitiva de Nossa Senhora do Rosário, do século XVI. Primeira padroeira de Cairu, restaurada recentemente. Uma das peças principais do Memorial do Rosário.

O prefeito Hildécio Meireles foi bastante aplaudido, na semana passada, pelo grande número de convidados que compareceram ao ato de entrega da restauração da Igreja Matriz e de abertura à visitação pública do Memorial do Rosário, quando anunciou a futura instalação de uma oficina permanente de restauração de peças sacras, que funcionará nas dependências da Igreja de Nossa Senhora do Rosário de Cairu. A ideia é atender a necessidade do município e solicitações externas, dentro de um modelo que também capacite jovens para atuarem na recuperação do patrimônio histórico-cultural.

Caberá ainda ao projeto serviços na área de preservação de bens imóveis e móveis, assessoria técnica, consultoria, pesquisa e inventário. “Acho uma ideia excelente. Temos um acervo significativo de arte sacra em Cairu e na Região do Baixo Sul. Em breve será iniciada a restauração da Igreja do Divino Espírito Santo da Velha Boipeba e a conclusão do restauro do Convento de Santo Antônio. Ter uma mão de obra local preparada para participar dessas missões será muito importante”, diz o renomado restaurador Orlando Ramos.

Para Hildécio Meireles, a Sede de Cairu está prestes a viver um grande momento. “Precisamos melhorar as condições de vida das pessoas, torná-las independentes da prefeitura como empregadora, incentivarmos o surgimento de novos negócios e temos aqui um produto extraordinário para ser mostrado, gerador de renda, que é a nossa cultura. Por isso continuamos investindo ativamente na restauração e preservação do nosso patrimônio histórico. A criação de uma oficina permanente, numa parceria da secretaria municipal de Cultura com os restauradores, se insere perfeitamente no nosso planejamento, pois será um espaço de restauração contínua de peças sacras e de formação técnica, que atenderá as necessidades das nossas igrejas, de qualquer igreja da região, do estado, do país e do mundo”, definiu o prefeito de Cairu.

Postagens mais antigas ››