sábado, 14 de novembro de 2020

Mundo atinge 11 mil mortes diárias por coronavírus desde início da pandemia

 


Dados da Universidade John Hopkins, nos Estados Unidos, apontaram que no início de novembro, pela primeira vez desde o início da pandemia, o mundo atingiu o número de 11 mil mortes diárias por Coronavírus.

Segundo o estudo, o número chega ao pico em meio à segunda onda de contaminações nos EUA e na Europa, tendo 1,4 mil mortes notificadas do dia 11 de novembro apenas no país norte-americano, enquanto a França atingiu 1,2 mil mortes no dia 10, segundo o Centro Europeu de Controle de Doenças.

Especialistas ainda divergem se o que a Europa e os EUA vivem é mesmo uma segunda onda ou uma continuação da primeira, já que os números nunca cessaram.

A Europa havia encerrado a quarentena com isolamento total, autorizando o funcionamento de restaurantes e comércios, além da volta às aulas em escolas e universidades.

No Brasil já começou a ser falado sobre a possibilidade de uma segunda onda, porém o presidente Jair Bolsonaro afirma que é apenas uma “conversinha”.

De acordo com dados do consórcio de veículos de imprensa, divulgado na última sexta-feira (13), o país registrou 523 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 164.855 óbitos desde o começo da pandemia. Bahia.ba

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››