terça-feira, 25 de agosto de 2020

Rui defende aliança com ‘todos’ para derrotar Bolsonaro em 2022


O governador Rui Costa (PT) defende para a eleição de 2022 uma coligação com todos os partidos que não estejam “corroborando” com “atos de truculência” do presidente Jair Bolsonaro.
Em entrevista ao jornal O Globo, publicada nesta terça-feira (25), o petista afirma que “não adianta ter nomes e não ter conteúdo”. A coligação incluiria DEM e PSDB, inimigos históricos do PT.
“Passadas as eleições deste ano e o pico da pandemia, nós temos que nos debruçar para construir um programa de governo. Não adianta ter nomes e não ter conteúdo. Nós venceremos pelo conteúdo e não pela bravata. Durante o ano de 2021, o conjunto de partidos de diferentes cores, do centro à esquerda, deve se reunir, e quando se aproximar da eleição a gente entra no debate de perfis, de nomes, de condições de vitória, de análise disso. E afunilar se não construir exatamente uma, podemos ter duas candidaturas ou três”, diz.
Rui ressalta ainda que “não tem medo” de uma possível reeleição de Bolsonaro: “O que se vai fazer em 2022 é a comparação de projeto, de governo, de nação, de país. Nossa situação encaixa bem no debate que eu tenho visto nos Estados Unidos. A afirmação dos democratas para o Estados Unidos vale para o Brasil. O que estará em jogo não é apenas a eleição de nomes, pessoas, é o futuro da democracia. Qual é a nação que nós queremos sob vários aspectos. E nesse debate de conteúdo, de mérito, acho que ele (Bolsonaro) não se sustenta. Não tenho qualquer receio disso (reeleição do presidente)”. Bahia.ba

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››