segunda-feira, 13 de julho de 2020

Prefeitura de Itagi cria delivery de ‘kit covid’ com cloroquina e ivermectina


A Prefeitura de Itagi, do sudoeste baiano, anunciou que começou a distribuir hidroxicloroquina, ivermectina e azitromicina para todos os moradores com sintomas do novo coronavírus, segundo reportagem do portal UOL. O uso dos fármacos não é recomendado pelas autoridades da saúde, já que nenhum dos três tem eficácia comprovada no tratamento da Covid-19.
Segundo a prefeitura, a iniciativa de entregar o “kit-covid” em domicílio faz parte do plano local de enfrentamento à pandemia e tem como objetivo evitar que as pessoas precisem se deslocar até a farmácia. Em postagem nas redes sociais, a ação é definida como “pioneira” e destinada “a todos os pacientes sintomáticos” de Covid-19.
O município de 14 mil habitantes tem hoje 160 casos notificados de coronavírus e 37 pessoas em quarentena, de acordo com o boletim epidemiológico mais recente.
“A Secretaria da Saúde, de acordo com o plano de enfrentamento à COVID-19, a fim de evitar que pacientes dessa doença se desloquem para farmácias, criou o KIT-COVID que está sendo entregue, em domicílio, a todos os pacientes sintomáticos”, diz o texto da prefeitura, sob gestão do médico Olival Andrade Junior (PPS).
A publicação, no entanto, não esclarece quais foram os critérios adotados para que os moradores os recebam em casa, uma vez que sua utilização necessita de prescrição médica.
Prefeitura não está autorizada, diz Fábio Vilas-Boas
O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, informou que a Prefeitura de Itagi não tem autorização para realizar esse tipo de ação, uma vez que a dispensação de hidroxicloroquina só deve ser feita com a apresentação de receita médica e entregue por um farmacêutico.
Ele diz que acionará a Vigilância Sanitária estadual para apurar o caso.
“Não se pode fazer a distribuição dessa forma. Existe uma legislação que precisa ser seguida. A hidroxicloroquina é uma medicação que tem que ser dispensada por um profissional farmacêutico dentro de uma unidade [de farmácia]”, afirmou o secretário ao UOL.
Anvisa faz alerta sobre ivermectina
Na última quinta-feira (9), mesmo dia em que a Prefeitura de Itagi anunciou a distribuição dos kits, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) fez um alerta não recomendando o uso de ivermectina contra o coronavírus.
Segundo o órgão ligado ao Ministério da Saúde, o comunicado foi feito diante das notícias recentes de que algumas prefeituras pelo Brasil o distribuirão como forma de tratamento e até prevenção à covid-19. A agência lembrou que a ivermectina é recomendada contra parasitas. Bahia.ba

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››