segunda-feira, 8 de junho de 2020

Nova Zelândia não tem mais casos ativos de coronavírus, anunciam autoridades

Foto: National Institute of Allergy and Infectious Diseases (NIAID)
Foto: National Institute of Allergy and Infectious Diseases (NIAID)

As autoridades sanitárias da Nova Zelândia anunciaram nesta segunda-feira (8) que o país não tem novos casos ativos de Covid-19, após dar alta ao último paciente que estava isolado com a doença causada pelo novo coronavírus.
Segundo o jornal Folha de S. Paulo, não há registro de novos casos no país há 17 dias. Na última semana, somente um caso continuava ativo. Ao todo, o país teve 1.154 infectados e 22 mortes em uma população estimada em 5 milhões de habitantes.
“O último infectado não apresentava sintomas há 48 horas e consideramos que está curado”, informou o Ministério da Saúde local.
O arquipélago oceânico tem sido elogiado por sua resposta à pandemia. Ele encerrou a fase mais restritiva do isolamento social em maio, após sete semanas.
“Não termos casos ativos pela primeira vez desde o dia 28 de fevereiro é sem dúvidas um feito importante no nosso caminho, mas, como dissemos anteriormente, será essencial manter a vigilância contra a Covid-19”, avaliou o diretor geral do Ministério da Saúde, Ashley Bloomfield.
Como resultado da ausência de novos casos, também nesta segunda-feira, a primeira-ministra Jacinda Ardern anunciou que está relaxando todas medidas de combate ao coronavírus no país, exceto as restrições de fechamento de fronteiras.
Em entrevista à imprensa, ela anunciou que o país está passando ao nível de alerta 1, o que significa que eventos públicos e privados podem ocorrer sem restrições. O comércio e o setor turístico poderão operar normalmente, bem como o transporte público será retomado.
“Apesar de estarmos em uma posição mais segura e forte, não há caminho fácil para voltar à vida ​pré-Covid”, disse a primeira-ministra. “Estamos confiantes de ter eliminado a transmissão do vírus na Nova Zelândia por enquanto, mas a erradicação não é um momento específico, é um esforço sustentável.”

Bahia.ba*

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››