segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

R$ 5,3 bi: empresas chinesas se unem em disputa pela ponte Salvador-Itaparica


Duas gigantes chinesas da infraestrutura estudam entrar juntas na concorrência para construção e operação da ponte Salvador-Itaparica, entre os municípios baianos de Salvador e Vera Cruz em um traçado de 12,4 quilômetros.
A licitação para construção da ponte Salvador-Itaparica terá duas gigantes chinesas unidas na disputa pelo contrato orçado em R$ 5,3 bilhões.
De acordo com o jornal Valor, o conglomerado China Communications Construction Company (CCCC) e a construtora China Railway 20 Bureau Group (CR20) entrarão juntas na concorrência e devem ser as únicas representantes da China a fazer proposta. Diversas empresas chinesas se interessaram no empreendimento, mas uma articulação do governo chinês tenta evitar que exista competição entre empresas do país.
Para a Parceria Público-Privada (PPP) que prevê a construção e operação da ponte, o governo baiano aportará R$ 1,2 bilhão em duas fases: R$ 660 milhões e R$ 540 milhões nos quarto e quinto anos de construção, respectivamente.
Na próxima sexta-feira (22), termina a consulta pública aberta em dezembro para os interessados apresentarem contribuições que devem servir de subsídio para a confecção dos documentos finais do leilão, como o edital da concorrência e o contrato. Ainda segundo a publicação, a estimativa é que o edital seja publicado no meio do ano e o leilão ocorra no segundo semestre.

Fonte: BNews

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››