quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Empresários querem aumentar tarifa de ônibus para R$ 4,30


As empresas de transporte coletivo da capital baiana querem aumentar o preço da passagem de ônibus de R$ 3,70 para R$ 4,30. A informação é de uma fonte ligada a negociação.
Conforme apurou a reportagem do bahia.ba, os proprietários dos veículos alegam que depois da integração com o metrô menos pessoas passaram a usar o transporte coletivo.
Em 2014, 28 milhões de usuários pegavam ônibus. Hoje, 22 milhões de passageiros utilizam esse tipo de transporte.
Para resolver o impasse, conforme a fonte, o prefeito ACM Neto (DEM) tem tido reuniões diárias com o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) e com os donos das linhas de ônibus.
Novas linhas e ar-condicionado 
Outra discussão do prefeito com os empresários acontece porque presidente do DEM exige veículos novos e com ar-condicionado na frota de ônibus da capital baiana.
Ele chegou a anunciar  em sua conta no Twitter , na segunda-feira (24), que não iria conceder o reajuste aos empresários  enquanto a situação não se resolvesse.
As auditorias para avaliar
Desde o início do ano, a Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador (Arsal) realiza auditorias para ajudar a  definir o novo preço da passagem. Uma delas é relacionada ao prejuízo alegado pelo Consórcio Integra, no valor de R$60 milhões.
Segundo o assessoria da Arsal, dois estudos, que foram feitos pela através da empresa Ernet & Young,  já foram  finalizados e apresentados ao prefeito ACM Neto.
O aumento das passagens de ônibus está previsto no contrato que a prefeitura firmou com as empresas em 2014.


bahia.ba

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››