Minha TV

quinta-feira, 13 de janeiro de 2022

Marinha faz exigências para a construção da Ponte Salvador-Ilha de Itaparica

 


O Governo do Estado informou que Segundo Distrito Naval apontou o risco de colisão de embarcações de grande porte com pilares da ponte, após análises técnicas.

O governador Rui Costa (PT) comentou sobre os atrasos na construção da ponte Salvador-Itaparica e sobre uma nova exigência feita pela Marinha para o andamento da obra no estado. O contrato foi assinado entre o governo estadual e o consórcio desde dezembro de 2020.

No mês passado, o Governo do Estado informou que Segundo Distrito Naval apontou o risco de colisão de embarcações de grande porte com pilares da ponte, após análises técnicas. O perigo é por causa da proximidade entre a obra e o canal de navegação na Baía de Todos os Santos, situação que possibilita as mudanças de vento e corrente.

De acordo com Rui, o serviço de segurança está sendo feito. O governador ainda acrescentou que a pandemia causada pelo coronavírus também impactou o ritmo de construção da ponte, uma vez que algumas das empresas responsáveis são chinesas. Ele ainda disse que realizou uma reunião com o consórcio responsável pela construção e que eles estão retomando o ritmo.

“Eu espero que a gente possa ganhar ritmo, ganhar fôlego. Esse é um projeto importante, já não daria tempo de entregar em meu governo e agora menos ainda porque são 4 anos de construção”, afirmou.

Fonte: Bahia Econômica

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››