Minha TV

quarta-feira, 14 de julho de 2021

Secretário da Educação esclarece sobre protocolos de volta às aulas na rede estadual

 


O retorno das aulas na rede estadual de ensino, de forma semipresencial, foi confirmado pelo governador Rui Costa, na noite desta terça-feira (13), durante o Papo Correria. No dia 26 de julho, as escolas da rede estadual de ensino irão iniciar a segunda fase do planejamento do ano letivo 2020/21, passando do ensino 100% remoto, que começou em 15 de março, para o ensino híbrido.

Em coletiva concedida à imprensa, nesta quarta-feira (14), o Secretário da Educação do estado, Jerônimo Rodrigues, comentou sobre o início das aulas híbridas na rede estadual de ensino.”Já estamos chegando a um ano e cinco meses sem as atividades presenciais. O ensino híbrido é uma alternância. Três dias em casa e três dias na escola. Caso haja algum grau de risco, de infecção, em algum município e escola, nós teremos a humildade e necessidade urgente de fechar novamente. A intenção é, mantendo a responsabilidade de saúde pública, ajustar essas pendências”, disse o gestor da pasta.

As salas serão ocupadas com metade da capacidade, e a semana letiva passará a ter seis dias, dividida em dois grupos de estudantes. Um grupo terá aula nas segundas, quartas e sextas, enquanto o outro terá nas terças, quintas e sábados. Cada escola poderá fazer esse ajuste de quantidade de alunos em sala.

“Durante o ano passado as eleições já aconteceram nas escolas prontas. Com demarcação dos solos, disponibilidade de pias, distribuição de álcool em gel. Nós disponibilizamos recursos para compra de álcool”, afirmou o secretário, garantindo que cerca de R$ 180 milhões serão destinados para a manutenção de escolas. Bahia.ba

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››