sexta-feira, 6 de novembro de 2020

Rei do Whatsapp, Jotinha morre após diagnóstico de Covid-19

 


Morreu no começo da noite desta quinta-feira (05), o humorista  José  Luiz Almeida da Silva, mais conhecido como Jotinha, vítima de coronavírus. De acordo informações do secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas Boas, a morte foi ocasionada pela falência múltiplas de órgãos, em consequência da Covid-19.

Jotinha testou positivo para o novo coronavírus nesta quinta-feira (5). O estado de saúde era considerado “gravíssimo” e isso impediu a transferência do “Rei do WhatsApp”, em UTI aérea, do Hospital INCAR em Santo Antônio de Jesus para uma unidade hospitalar de Salvador.


O locutor deu entrada no INCAR na última segunda-feira (2), com um quadro de falta de ar. O estado de saúde do locutor piorou nesta quarta (4), quando ele foi intubado, em coma induzido. Ainda foi realizado um teste RT-PCR, para confirmar o diagnóstico de contaminação pelo novo coronavírus, que teve resultado positivo nesta quinta.

Em março de 2019, o locutor sofreu um infarto e ficou internado em um hospital de Elísio Medrado, município que fica há 230 km da capital baiana. Na época, o próprio Jotinha enviou seus clássicos áudios em grupos de amigos, informando que realizou exames e tranquilizando os fãs sobre seu estado de saúde.

José Luiz Almeida Silva morre aos 52 anos e era natural de Elísio Medrado, próximo a Amargosa, no Recôncavo Baiano. Ele tem mais de 1 milhão de seguidores somente no Instagram e ganhou projeção na internet por causa do seu tom de voz, o jeito debochado de comentar sobre futebol e a maneira bem humorada de “cornetar” seus amigos nos grupos de Whatsapp.

Blog do Valente

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››