quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Bolsonaro se encontra com evangélicos e incentiva derrubar seu veto a perdão dívidas de igrejas

 


Em um almoço com evangélicos realizado na quarta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro recomendou que a classe derrube seu veto sobre negar o perdão de dívida bilionária a igrejas.

Presentes ouvidos pela coluna Painel, da Folha de S.Paulo, relataram que em nenhum momento o presidente utilizou a sigla PEC (Proposta de Emenda Constitucional), se limitando a incentiva que sua própria proposta seja recusada.

No almoço, Bolsonaro reuniu religiosos, um narrador de rodeios, ministros, entre eles o do Turismo, e Fábio Ramalho (MDB-MG), responsável pelo leitão à pururuca servido na refeição.

A PEC é a saída desenhada pela equipe econômica para o impasse. BAHIA.BA

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››