segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Eleições 2018: prazo para registro de candidaturas termina na quarta; campanha nas ruas começa na quinta


O prazo para partidos e coligações apresentarem o pedido de registro das candidaturas nas eleições de outubro termina na próxima quarta-feira (15). No dia seguinte, quinta-feira (16), começa o período da campanha eleitoral nas ruas.
As datas foram definidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Veja exemplos do que passa a ser permitido aos candidatos a partir da quinta-feira:
  • realizar comícios;
  • carreatas;
  • distribuir material gráfico;
  • fazer propaganda na internet (desde que não paga).
O horário eleitoral na televisão e no rádio só começa no fim de agosto, no dia 31.

Candidatura de Lula

Na quarta, o PT deve registrar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde 7 de abril em Curitiba, após condenação na operação Lava Jato. A candidatura de Lula vai gerar questionamentos na Justiça, porque, além de estar detido, o ex-presidente se encaixa na lei da Ficha Limpa. A legislação considera inelegível quem for condenado por órgão colegiado, como é o caso do ex-presidente.
De acordo com o blog da colunista do G1 Andréia Sadi, advogados do PT já preveem que o TSE pode julgar se a candidatura de Lula é legal ou não antes mesmo do início do horário eleitoral no rádio e na TV. O partido anunciou como vice na chapa de Lula o ex-prefeito Fernando Haddad.

Nova presidente do TSE

Também nesta semana a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF) e do TSE, vai assumir a presidência da Corte Eleitoral. A cerimônia de posse será na terça-feira (14). A ministra será a presidente do TSE durante as eleições.
Weber terá mandato de dois anos e assume o tribunal no lugar do ministro Luiz Fux.


G1

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››