sábado, 26 de maio de 2018

Greve dos caminhoneiros deve piorar a atividade econômica e levar a aumentos de preço, dizem analista


A greve dos caminhoneiros deve trazer dois impactos para a economia brasileira: a piora da atividade econômica e um efeito pontual de aumento nos índices de inflação de maio.
Os economistas consultados pelo G1 dizem que ainda é cedo para dimensionar o tamanho do impacto causado pelo movimento que se espalhou pelo País - até porque não é possível precisar qual será a duração do protesto -, mas dizem que é certo que eles terão reflexos econômicos.
O movimento obrigou uma série de empresas a interromper as atividades. O caso mais emblemático foi o das montadoras: na sexta-feira elas pararam as fábricas por causa da falta de peças e problemas de logística.
“Claramente esse movimento traz um efeito negativo para a economia”, afirma a economista e sócia da consultoria Tendências, Alessandra Ribeiro.
“Os efeitos mais evidentes serão em toda a linha de produção da indústria, mas até mesmo em serviços deve respingar, como no segmento de transporte”, diz.

G1

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››