terça-feira, 29 de maio de 2018

Correios ainda não consegue mensurar atraso nas entregas


Para quem está na expectativa de receber alguma encomenda, ou mesmo cartas pelos Correios as notícias não são muito boas. A empresa informou por meio de nota que na última sexta-feira (25), o número de encomendas entregues em todo o Brasil foi  pelo menos 40% menor em relação a um dia normal. A queda é devido ao fato que alguns dos caminhões não conseguiram chegar ao seu destino final em razão dos bloqueios nas estradas ou mesmo à falta de combustível.
Segundo a empresa, os objetos que estavam nos centros de distribuição estão sendo entregues normalmente. No entanto, ainda não é possível mensurar o atraso dos que ainda estão ou estavam em trânsito quando a greve se iniciou. A empresa afirma que o atraso dependerá do período que durar a paralisação dos caminhoneiros.
Embora a postagem de cartas e encomendas (Sedex convencional e PAC) estejam sendo aceitas normalmente, os prazos de entrega desses serviços foram ampliados. O horário de funcionamento segue normal em todas as unidades dos Correios na Bahia: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
Serviços com dia e hora marcados como o Sedex 10, Sedex 12 e Sedex Hoje estão temporariamente suspensos até o fim da paralisação dos caminhoneiros.
Ainda não há previsão de quando o serviço será normalizado.



Fonte: Blog do Valente

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››