sexta-feira, 5 de junho de 2020

“Novo” cheque especial pode fazer população poupar R$ 7,2 bi com juros

Foto: Arquivo/Agência Brasil
Foto: Arquivo/Agência Brasil

As mudanças feitas no cheque especial, uma das linhas de crédito mais caras do País, podem diminuir as despesas com juros dos correntistas em até R$ 7,2 bilhões em 12 meses, conforme simulações do Banco Central.
A modalidade é um dos alvos da ‘pauta bomba’ contra o sistema financeiro no Congresso, mas passou a contar com uma nova regulamentação em janeiro, com os bancos sendo obrigados a limitarem as taxas cobradas em até 8% ao mês.
Em contrapartida, as instituições puderam passar a cobrar uma tarifa de até 0,25% sobre o valores limites que ultrapassassem R$ 500,00. Em geral, os bancos, porém, acabaram por não se valer da medida diante do aumento da concorrência com fintechs e outros novos entrantes no sistema financeiro.
Para mensurar o efeito futuro das novas regras do cheque especial, conforme o Relatório de Estabilidade Bancária (REB), publicado nesta quinta-feira pelo Banco Central, a autoridade monetária considerou dois cenários.

Bahia.ba*

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››