quinta-feira, 7 de maio de 2020

Três estados do Nordeste apresentam colapso na rede privada de saúde

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Os estados do Ceará, Pernambuco e Maranhão apresentam colapso na rede privada de saúde, devido ao volume de pacientes diagnosticados com o novo coronavírus. A informação é da Confederação Nacional de Saúde.
Em entrevista ao jornal O Globo, o presidente da entidade, Breno Monteiro, afirmou que outros três estados também passam pela mesma situação: Amazonas, Pará e Rio de Janeiro.
“Nesses seis estados temos um colapso nos dois sistemas. Contratar leitos de UTI privados, nesses locais, já não é mais uma saída”, disse.
Entre os estados do Nordeste, Ceará e Pernambuco apresentam situação epidemiológica preocupante. Mais de 12,3 mil cearenses foram diagnosticados com o novo coronavírus e 848 morreram por causa da doença. Os dados são do último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, na noite de quarta-feira (6).
Já em Pernambuco, 9.881 pessoas foram contaminadas e 803 não resistiram às complicações causadas pela Covid-19. Maranhão tem 5.028 casos confirmados e 291 óbitos.
Considerando os seis estados, o Rio de Janeiro tem o maior número de pessoas contaminadas: 13.295. O número de óbitos está em 1.205. No geral, o Rio é o segundo estado com maior número de Covid-19, perdendo apenas para São Paulo, que registra 37.853 casos e 3.045 óbitos.
O Amazonas tem 9.243 casos confirmados do novo coronavírus e acumula 751 óbitos. No Pará, a situação é um pouco amena: são 5.017 pessoas diagnosticadas com a Covid-19 e 392 mortes por causa da doença.

Bahia.ba*

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››