quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Secretaria da Saúde de Cairu promove campanha de prevenção à hanseníase




Palestras em salas de espera, dinâmicas de grupo e distribuição de material educativo foram algumas ações desenvolvidas  pela Secretaria da Saúde de Cairu por meio de  todas as Unidades de Saúde do  município - arquipélago, como parte integrante da campanha de combate a hanseníase, o Janeiro Roxo. Com uma equipe de profissionais engajada, a iniciativa busca transmitir informação e conscientização sobre o diagnóstico precoce da doença.
A hanseníase é uma doença infectocontagiosa caracterizada por manchas brancas, avermelhadas ou amarronzadas, em qualquer parte do corpo, com perda ou alteração de sensibilidade térmica (ao calor e frio), tátil (ao tato) e à dor, que podem estar principalmente nas extremidades das mãos e dos pés, na face, nas orelhas, no tronco, nas nádegas e nas pernas.
Se não for tratada, os sinais da hanseníase avançada podem incluir diminuição da força muscular, paralisia em mãos e pés, cegueira, úlceras crônicas na sola dos pés e encurtamento dos dedos devido à lesões nos nervos que controlam os músculos.
O tratamento da doença é gratuito e pode ser realizado nas unidades de saúde do município. Após o início do tratamento, o paciente deixa de transmitir a doença quase imediatamente. Quanto antes for feito o diagnóstico, mais rápida pode ser a cura da doença. O tratamento é feito via oral, pela poliquimioterapia, uma associação de medicamentos que evita a resistência do bacilo, devendo ser administrada por seis meses a um ano, a depender do caso.



0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››