quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Clientes endividados da Caixa podem negociar dívidas com até 90% de desconto



Quem tem dívidas de imóveis com a Caixa vai ganhar uma chance a partir desta quarta-feira (24). O Caminhão Quita Fácil, da Caixa Econômica Federal, estaciona  no Shopping da Bahia e fica por lá até o próximo dia 9 de novembro com uma missão: renegociar dívidas, parcelas de habitação, cheque especial e cartões de crédito de quem deve ao banco. Segundo o gerente de negócios da Caixa, Wagner Pires, os descontos nas dívidas podem chegar a 90%. O caminhão vai ficar no shopping e fará atendimentos das 10h às 16h. Basta levar um documento de identidade.
“É uma chance de ouro para começar o ano de nome limpo”, afirma Wagner Pires.
Para quem, por exemplo, comprou um imóvel e tem enfrentado dificuldades para pagar as parcelas do financiamento, dentro do caminhão será possível ajustar pagamentos atrasados e ainda o valor das parcelas, diluindo em um tempo maior até a quitação. O parcelamento pode ser estendido em até 96 meses.
Professor de Economia e especialista em Finanças Pessoais, Gustavo Casseb afirma que ações como a proposta pela Caixa são sempre bem-vindas, principalmente dentro do momento ruim que o país enfrenta. Crise econômica e desemprego são dois fatores que aumentam o número de endividados, aponta.
“Vale à pena quando a pessoa está disposta a pagar. É preciso que as pessoas mudem a mentalidade do ‘Devo, não nego; pago quando puder’ para ‘Devo, não nego, mas quero dar um jeito de pagar’”, aponta Casseb.
“Não há risco nenhum em entrar nesse feirão. Risco é continuar do jeito com a dívida aumentando sempre mais e mais”, completa o economista.
Cartão de crédito
Um levantamento feito pela Confederação Nacional de Bens, Serviços e Turismo (CNC) em setembro deste ano, aponta que 60,7% das famílias brasileiras têm dívidas. O principal fator é o cartão de crédito, responsável por cerca de 77% do endividamento no país. O número é semelhante ao registrado no mesmo período de 2017, quando 61,7% das famílias brasileiras afirmavam ter dívidas em aberto.
Quem poderá aproveitar a oportunidade é o representante comercial Roberto Santana, 29 anos. Aos 24, ele resolveu aceitar a oferta de cheque especial oferecida pelo banco e ainda pegou um aumento no limite do cartão de crédito. O resultado: agora, ele acumula uma dívida de R$ 4 mil.
Durante sua primeira tentativa de negociação da dívida, Roberto ficou com medo de aumentar as parcelas para reduzir o valor mensal que precisaria pagar. Segundo Gustavo Casseb, apesar de ser um medo compreensível, é válida a aposta nesse modelo de negociação. Ele ainda aconselha que os consumidores tentem uma redução na taxa de juros junto ao banco porque “é esse o principal fator de aumenta em qualquer dívida”.
Consumidores com dívidas no cartão de crédito em atraso há mais de 360 dias podem ganhar um desconto de até 90% durante a negociação, pagando à vista. É o que garante Wagner Pires. Contudo, pessoas com qualquer dívida podem ir até o caminhão para tentar benefícios durante a negociação.
“Cada caso é um caso. Temos as dívidas comerciais que são tipo cartões de crédito, cheque especial e algumas dessas listas estão em campanha para quitação à vista com preços especiais. Também existe a possibilidade alongar prazos ou diminuir taxas de juros”, explica Pires.
O gerente aponta que esse tipo de medida tem como objetivo reduzir o número de inadimplência no banco. Além de Salvador, o caminhão passará por Feira de Santana, no Centro-Norte da Bahia, a partir do dia 12 de novembro para atender o município e região.

Fonte: Blog do Valente

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››