segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Após euforia com resultado eleitoral, dólar desacelera queda e bate R$ 3,64





A Bolsa abriu em alta no primeiro pregão após a vitória de Jair Bolsonaro na corrida presidencial. Embora esperada, a variação positiva é muito mais modesta do que o observado no domingo e hoje cedo nos ETFs de ações brasileiras no Japão, na Europa e em Nova York, informa o jornal O Estado de S. Paulo.
Ainda assim, de acordo com a publicação, a bolsa brasileira sobe, indicando a satisfação dos agentes do mercado com as perspectivas para a condução da economia até 2022. Sob a mesma reação, o dólar abriu e segue em queda, assim como as taxas dos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI).
Já o dólar, após abrir a sessão em baixa de quase 2%, renovou máximas ante o real há pouco, pressionado pelo exterior. Lá fora, a divisa americana se fortaleceu após a alta de 0,2% do núcleo do índice de inflação medido pelo PCE em setembro ante agosto, acima da previsão de 0,1%.
Às 11h32, o Ibovespa subia 1,32% aos 86.874.57 pontos. O dólar à vista caía 0,26% aos R$ 3,6433.
Ao diário paulista, Fernanda Consorte, estrategista de câmbio do banco Ourinvest, disse que o mercado se ajusta após a euforia inicial com Bolsonaro presidente e agora opera acima dos R$ 3,60 rumo aos R$ 3,65 que é o nível que já precificava a vitória na última sexta-feira. Agora, diz ela, o mercado passa a olhar fundamentos e, apesar do cenário externo bom hoje, deve ficar mais sensível às incertezas internacionais.

Bahia.ba*

0 comentários:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››